quarta-feira, 4 de julho de 2012

O Poste no Interativo News

O site Interativo News, portal de notícias da cidade de Ibotirama (Bahia) divulgou hoje uma matéria sobre o Cordel do Amor sem Fim.


Link da Matéria: Cordel do Amor sem Fim 


                   E O CORDEL DO AMOR SEM FIM aporta em MINAS GERAIS!

E-mailImprimir
E O CORDEL DO AMOR SEM FIM aporta em MINAS GERAIS!

O Poste Soluções Luminosas, através do projeto aprovado pelo PRÊMIO MYRIAM MUNIZ DE TEATRO: “E Tereza vai virando uma pedra as margens do Rio São Francisco...” Segue para Januária e São Roque de Minas.

Duas cidades, no mínimo poéticas. Januária foi imortalizada no clássico de Guimarães Rosa, Grande Sertão Veredas e serviu por muito tempo como porto e entreposto comercial nos tempos da navegação a vapor do "Velho Chico". São Roque de Minas, tem nome de santo, mas já foi terra de índios bravos e negros guerreiros e  lá  se encontra a nascente do Rio São Francisco, no Parque Nacional da Serra da Canastra.

E O CORDEL DO AMOR SEM FIM aporta em MINAS GERAIS!

Em Januária iremos realizar a apresentação do espetáculo no SESC Januária no dia 07/07 e em São Roque de Minas a apresentação acontecerá na Praça da Matriz no dia 10/07.

E O CORDEL DO AMOR SEM FIM aporta em MINAS GERAIS!

POR ONDE VOCÊS JÁ PERCORRERAM NESSA CIRCULAÇÃO?

O espetáculo "Cordel do Amor Sem Fim" dentro da circulação realizada com o apoio do Prêmio Myriam Muniz de Teatro já realizou apresentações em Alagoas nas cidades de Penedo e Piranhas,  em Sergipe nas respectivas Propriá e Canindé de São Francisco, em  Pernambuco perfazendo as cidades de Cabrobó e Belém de São Francisco e agora iremos percorrer Minas Gerais nas cidades de Januária e São Roque de Minas e a circulação se encerra na Bahia em Ibotirama e Paulo Afonso.

E O CORDEL DO AMOR SEM FIM aporta em MINAS GERAIS!

O projeto visa a circulação por cinco (05) estados que fazem parte da Bacia do rio São Francisco (Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia e Minas Gerais) realizando dez apresentações gratuitas em cidades ribeirinhas e utilizando para isto, espaços alternativos como: associações de moradores, escolas, casas de farinha, estações ferroviárias, casarões antigos, terreiros de matrizes africanas e centros culturais.
As características regionais e culturais destas cidades podem ser facilmente encontradas no enredo da peça, pois a historia se passa numa pequena cidade às margens do rio São Francisco. Na cidade moram três irmãs – a velha Madalena, a misteriosa Carminha e a jovem e sonhadora Tereza, essa se apaixona por um forasteiro que promete voltar. Assim a moça passa a esperar todos os dias na beira do cais e de tanto esperar por seu amado, Tereza acaba virando uma pedra às margens do rio São Francisco.

Outras duas ações complementares fazem parte do projeto:  uma oficina de improvisação e interpretação teatral para jovens de 14 a 25 anos de escolas públicas municipais e estaduais das cidades participantes do projeto e simultaneamente todas as atividades serão registradas através de um diário de bordo publicado diariamente no blog do espetáculo (oposteoposte.blogspot.com).

QUEM É O GRUPO E QUAL A LINHA DE TRABALHO DE VOCÊS?

 O grupo  O Poste: Soluções Luminosas trabalha em busca de uma ancestralidade teatral, onde as vertentes da matriz africana correspondem  a base das questões ligadas as nossas origens culturais e sociais. O Grupo que se caracteriza pela Investigação teatral, teve em suas pesquisas iniciais teóricos como o diretor polonês Jerzy Grotowski , Eugênio Barba e Michael Chekhov. É nesse foco que o grupo vem há três anos, em uma atividade de pesquisa  utilizando teóricos do Teatro e a matriz africana, e a mesma utilizada também como base corporal dos seus atores.

E O CORDEL DO AMOR SEM FIM aporta em MINAS GERAIS!

O grupo gere suas próprias produções de pesquisa voltadas para a interpretação e para os elementos que compõem a cena, pois o cenário, a iluminação, o figurino e a direção são feitas por integrantes do próprio grupo. O grupo é composto pelos integrantes: Agrinez Melo, Eliz Galvão, Naná Sodré e Samuel Santos.

QUAL A TRAJETÓRIA DO ESPETÁCULO?

O “Cordel do Amor Sem Fim” é um texto premiado pela FUNARTE no ano de 2003, na categoria Teatro Adulto – Região Nordeste da jovem escritora baiana, Cláudia Barral. A montagem de origem Recifense do estado de Pernambuco foi contemplada pela Lei de Incentivo a Cultura e após nove meses de ensaios fechados e abertos para críticos, jornalistas, estudantes e grupos teatrais, teve a sua estreia no dia 08 de Outubro de 2009, no Teatro Apolo na cidade do Recife (PE) e continuou a sua temporada no Espaço da Companhia de Dança Compassos, local situado também no centro da capital pernambucana. No Espaço Compassos o espetáculo permaneceu pelos meses de Outubro e Novembro quando foi convidado pelo então curador do Festival Recife de Teatro Nacional na época, o Kill Abreu para participar desse mesmo evento, com o intuito de debatermos junto ao público – prática desenvolvida pelo grupo desde o primeiro ensaio aberto - a estética e o processo vivenciado pelos intérpretes durante a montagem da obra.

Ainda no ano de 2009 o espetáculo contemplou escolas estaduais para que o exercício da formação de plateia voltado para esse público de educandos fosse cumprido. Realizou uma temporada no Teatro Barreto Júnior em Recife (PE) no mês de abril do ano de 2010 durante as sextas- feiras e participou no mesmo teatro do projeto “Educação para o Teatro” realizando uma apresentação para os alunos das escolas públicas da comunidade de Brasília Teimosa e adjacências. Em julho, participa do Festival de Inverno de Garanhuns (PE), em agosto o espetáculo foi detentor de 09 indicações na  Bienal Nacional Potiguar de Teatro Natal (RN) e recebeu os prêmios de Melhor Cenografia (Samuel Santos), Melhor Ator (Thomás Aquino) e Melhor Atriz Coadjuvante (Agrinez Melo). Enquanto realizava uma temporada de sucesso nos meses de setembro e Outubro no Teatro Joaquim Cardozo - Recife (PE) , participou do FESTIG (Festival  de Teatro de Igarassu(PE) e no mesmo período também recebe o convite para participar do Festival Palco Giratório do SESC Paraíba . No mês de Novembro realiza uma apresentação a convite do SESC  Tiúma em São Lourenço da Mata (PE) e em Dezembro é convidado para participar da IV Mostra Capiba de Teatro do SESC em Recife(PE).

No ano de 2011 participa do festival competitivo Janeiro de Grandes Espetáculos. Onde tem nove indicações no referido festival sendo vencedor de cinco deles: Atriz, Atriz Coadjuvante, Ator, Sonoplastia e Direção. É convidado para os principais Festivais Internacionais do Brasil como O FILO- Festival Internacional de Londrina, Brasília Cena Contemporânea e POA EM CENA- Festival Internacional de Porto Alegre, participa também em 2011 do Festival Cena Aberta na cidade de Arcoverde/PE, Festival BNB de Artes Cênicas (CE), Palco Giratório/PE, Aldeia do Velho Chico, Aldeia Yapotan ambos realizado pelo SESC Pernambuco, Projeto Conexão Cultural, Virada Multicultural ambos promovido pela Prefeitura do Recife, Mostra de Teatro de Jaboatão (MOSTEJA) e realiza temporada no Teatro Arraial nos meses de Julho e agosto e posteriormente nos meses de outubro a dezembro de 2011. E em 2012 o grupo foi contemplado com 02 prêmios nacionais pela FUNARTE são eles: Prêmio de Teatro Myriam Muniz e ProCultura ambos possibilitarão a circulação nacional do espetáculoCordel do Amor Sem Fim por 05 Estados e 20 cidades banhadas pelo rio São Francisco, além disso o referido espetáculo participou no mês de março do do corrente ano do II Festival Sergipano de Teatro.


COMO POSSO ACOMPANHAR O TRABALHO DE VOCÊS?
 

O Grupo possui um blog com todas as informações sobre o nosso trabalho (oposteoposte.blogspot.com) além disso, é possível nos encontrar nas mídias sociais, através do facebook (O Poste Soluções Luminosas), pelo nosso email:oposte.oposte@gmail.com e através dos telefones: (081) 8835 6304 | (081) 8649 6713, (081) 9813 0124 e (081) 9505 4201.

Fonte: O poste


Nenhum comentário: